Broinha de Milho

Fim de ano é aquela época em que aparecem visitas-surpresa em casa, e muitas vezes a gente não está preparado para servir um lanchinho sequer!

Para esses dias desprevenidos, essa broinha de milho sem glúten e sem lacteos é uma ótima pedida. Fica uma delícia e o preparo é extremamente simples.

Eu fiz a receita com a máquina de mini cupcakes da Cadence, que comprei com um super desconto na última Black Friday. Mas você pode fazer em uma frigideira dupla também, e virar a massa, quando estiver mais firme, para tostar os dois lados. A receita rende cerca de 14 broinhas, se for feita na máquina de cupcakes.

dsc_4394

BROINHA DE MILHO

INGREDIENTES

  • 2 ovos
  • 1 lata de milho cozido
  • 100 ml de leite de coco
  • 4 colheres de sopa de fubá
  • 2 colheres de sobremesa de açúcar
  • 1 colher de chá rasa, de fermento

COMO FAZER?

Bata todos os ingredientes no liquidificador, e coloque na máquina de cupcakes por sete minutos – ou até ficar firme. Espere esfriar um pouco para tirar da máquina (para não deformar), sirva e coma feliz!

Sugestão: se quiser, na hora de colocar na máquina você pode jogar uns pedacinhos de queijo na massa. Hummm.

dsc_4402

Fotos: Sílvia Espeschit

Biscoitos Natalinos Sem Glúten e Sem Lactose

Sempre adorei o Natal, o clima dessa época e tudo mais… E as comidas que a gente só come nas festa de fim de ano? Para mim isso é algo muito marcante. O cardápio pode ser o mesmo todo ano que a gente vai feliz saborear!

E este Natal de 2016 marca para mim um super recomeço, pois é o meu primeiro após o diagnóstico da doença celíaca. Para quê focar no que eu não poderei comer, se eu posso adaptar e criar coisas novas?

Encontrei no site do açúcar União uma receita de biscoitos natalinos, fiz as devidas substituições e voilà: cheguei a este delicioso biscoito sem glúten e sem lactose! O mais legal é que é uma receita super lúdica, pois no fim a gente pode decorar os biscoitos com glacê real. As crianças vão amar também!

Vamos à receita?

BISCOITINHOS DE NATAL

INGREDIENTES

A) MASSA

  • 1 e ½ xícara (chá) de de açúcar  (240g)
  • 1 colher (chá) de de raspa de limão (2g)
  • 5 colheres (sopa) de de manteiga (120g) – usei a Becel Azul, pois não possui leite!
  • Canela em pó
  • 2 gemas (cerca de 40g)
  • 2 e ¼ xícaras (chá) de de farinha sem glúten Aminna (247,5g)
  • 2 claras (cerca de 80g)
  • 1 colher (chá) de de fermento em pó (4g)

B) GLACÊ REAL

  • 1 e ½ xícara (chá) de União Glaçúcar (172,5g)
  • 2 colheres (sopa) de de suco de limão (30ml)
  • 1 colher (sopa) de de clara (cerca de 10g)
  • Corante alimentício em gel (usei verde e vermelho)

COMO FAZER?

A) MASSA

Misture o açúcar, com a manteiga (margarina) amolecida e as gemas até obter um creme. Junte a farinha, o fermento, as raspas, um pouco de canela e as claras, misture bem. Leve para gelar por 1 hora.  É assim que a massa vai chegar na consistência para cortar os formatos.

Com um rolo abra a massa, aos poucos, e corte em formatos natalinos, usando cortadores próprios. Leve ao forno preaquecido a 180º até dourar levemente. Depois de frios, decore com o glacê real.
Conserve em potes herméticos.

DSC_3811.JPG

B) GLACÊ REAL

Bata o GLAÇUCAR com a clara e o suco de limão até obter um glacê bem firme. Separe em pequenas porções e tinja com os corantes escolhidos.
Utilize saco de confeitar com bico fininho e comece a decorar! Mantenha o glacê coberto, sem contato com o ar, até o momento de usar, pois ele vai endurecendo sozinho.

dsc_3835

Fotos: Sílvia Espeschit. 

Minha Vida Sem Glúten

Olá, comunidade celíaca, intolerante à lactose e simpatizante!

O Minha Vida Sem Glúten começou tímido, como um perfil no Instagram só para me ajudar a trocar informações e me motivar no começo da minha jornada sem glúten. Comecei as postagens em março de 2016, pouco depois de fechar meu diagnóstico como celíaca, em fevereiro deste mesmo ano.

Estou muito feliz de estar há quase nove meses, ou seja, todo o tempo desde o diagnóstico, sem cair na tentação de ingerir qualquer “glútenzinho” hahaha. E estou mais feliz ainda de me sentir cada dia melhor, e de ter criado uma rede de apoio não só para mim como para outros celíacos/ intolerantes à lactose (descobri a intolerância no meio do caminho…).

É um caminho bem complicado, que envolve não só segurar as tentações como também aprender a ter cuidado com a tal da contaminação cruzada e o glúten escondido em diversos alimentos, cosméticos… cada dia uma descoberta!

E agora o blog do Minha Vida Sem Glúten chega para organizar direitinho as informações e assim ajudar mais e mais gente! Por aqui estarão separadas minhas dicas de viagem, locais em Belo Horizonte, produtos e muito mais!

Vem comigo!  😉

Foto: Maíra Guimarães